VI Seminário sobre Violência na Escola

Local: Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana
Data: 31 de julho de 2019 - das 8 às 12h

A Academia de Educação de Feira de Santana realizou no dia 31/07 o VI Seminário sobre Violência na Escola, que este ano trouxe como ênfase os "Valores Humanos no Contexto Escolar".

Os trabalhos foram iniciados com uma abordagem geral sobre o tema, pela acadêmica Yara Maria Cunha Pires, destacando os Programas de Educação de Valores Humanos existentes no Brasil e no mundo e detalhando o que se deve cultivar através dos valores absolutos: a verdade, a ação correta, o amor, a não violência e a paz, elencando as inúmeras atitudes relacionadas como valores relativos e que dão concretude aos valores absolutos.
A partir dessa abordagem, aconteceram os depoimentos por parte dos seguintes expositores:

O Prof. André Luis Gomes de Matos, Presidente do Comitê de Segurança Escolar, apresentou os objetivos do Comitê, que visa promover ações que fomentem a segurança dos ambientes escolares em Feira de Santana e Região e enfatizou a necessidade dos gestores escolares confiarem na rede de apoio que integra o Comitê e buscarem ajuda nos momentos de crise, sabendo que conta com um trabalho eficaz, efetivo e afetivo.

No contexto da Escola Pública, a nível estadual, a Cabo PM Adilea da Silva, do Colégio da Polícia Militar Diva Portela, abordou o tema "Educação e disciplina como pilares na formação do cidadão", apresentando as estratégias utilizadas para o enfrentamento das dificuldades pedagógicas, familiar, disciplinar e psicológica naquela unidade de ensino. Disse que o trabalho busca, também, a desconstrução da ideia que existe de que, por ser um Colégio Militar, é muito rígido, razão pela qual muitas famílias procuram aquela unidade para colocar seus filhos.

A nível municipal a Profa. Neuman Brito, na condição de membro da Associação de Pais, Mestres e Amigos da Escola Municipal Comendador Jonathas Telles de Carvalho, falou sobre "A vivência de uma Escola de Paz através da integração comunidade X escola X família. Enfatizou que aquele estabelecimento de ensino, apesar de jovem, é cativante e estrategista, que soube vencer as dificuldades encontradas no início de seu funcionamento, colocando em prática uma forma de funcionamento que buscou inserir a comunidade e a família no contexto escolar, resultando num ambiente de aprendizado e paz.

No âmbito da escola particular, a Profa. Kamila Farias, do Colégio Gênesis, fez a sua abordagem, mostrando que a violência também está presente naquele ambiente e que a proposta pedagógica daquela escola tem sido voltada para o ensino baseado em valores, resultando em conquistas importantes.

Foram reflexões muito produtivas, culminando com a interação do público presente que, também, externou suas considerações sobre a temática, a exemplo da acadêmica Elza Santos Silva que disse que, ao longo da sua vida, contempla duas épocas do processo educacional: uma do tempo em que o aluno tinha respeito e admiração e até ofertava flores ao professor; hoje, muitas vezes falta esse respeito, essa consideração e temos visto o aluno apontar uma arma para o professor. Lamentou essa evolução e disse que o possível está quase pronto e o impossível está esperando pelo professor. Observou ter exercido a profissão no tempo em que o professor não dispunha de recursos tecnológicos; apenas, uma sala de aula, um quadro de giz e muito amor, sendo bastante aplaudida.

A ex-Reitora da UNEB, Yvete Sacramento, externou a sua alegria pela oportunidade de participar do Seminário onde, além do reencontro com amigos e colegas educadores, teve a oportunidade de ouvir relatos importantes e de refletir o tema "violência" que não escolhe classe social para acontecer. Parabenizou a Academia pela iniciativa desse debate e disse que, a seu ver, é uma forma de manter viva a chama da esperança.

O seminário este ano teve um diferencial, com o lançamento de dois livros, resultando em presenças ilustres tanto de docentes da UEFS como de seis ex-Reitores a exemplo de Yvete Sacramento, da UNEB, René Albagli da UESC, além daqueles que integram a Academia; Josué Mello, Geraldo Leite, Yara Cunha e Anaci Paim, todos da UEFS.
O livro "Violência nas Escolas: do diagnóstico à intervenção" tem autoria de um grupo de docentes da UEFS, que foi representado pela Profa. Rosely Carvalho e o livro "Entre Margens", é de autoria da Profa. Margarida Fahel, que foi a responsável pelo parecer que concedeu o Recredenciamento da UEFS, enquanto membro do Conselho Estadual de Educação.

A Acadêmica Ana Rita Neves, tendo atuado como Coordenadora do Seminário, encerrou os trabalhos dizendo que entre "Margens" e "Intervenções", nas trilhas dos livros de Margarida Fahel e Rosely Carvalho, "certamente encontraremos novos nortes e novas trilhas, novos jeitos de entender e ajudar o mundo a tornar-se melhor".

O Presidente da Academia de Educação, Professor Josué Mello, apresentou agradecimentos a todos que colaboraram para a realização do evento, especialmente aos membros da comissão Coordenadora composta pelas acadêmicas Célia Christina Carvalho, Ana Rita Neves, Anaci Paim e Yara Cunha e aos expositores que tão bem souberam apresentar seus depoimentos. Enalteceu as ilustres presenças e desejou que a chama da esperança na educação nunca se apague e que os professores permaneçam sendo os responsáveis por isso.

E, ao final do evento, aconteceu sessão de autógrafos pelos autores dos livros já citados.


Clique aqui e veja algumas imagens...




  ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE FEIRA DE SANTANA - Direitos Reservados © 2019
Rua Itacarambi, s/nº - Muchila I - 44080-360 - Feira de Santana, Bahia
E-mail: contato@academiadeeducacao.org.br