Sessão solene da Câmara Municipal: homenagem aos Acadêmicos Josué Mello e Tecla Mello.

Local: Câmara Municipal de Feira de Santana
Data: 27 de setembro de 2023

Em Sessão solene realizada no último dia 27 de setembro, a Câmara Municipal procedeu à outorga do Título de Cidadã Feirense e Comenda Maria Quitéria à Professora Tecla Dias de Oliveira Mello e da Comenda Maria Quitéria ao Professor Josué da Silva Mello, ambos da Academia de Educação de Feira de Santana, ele Presidente.

As Comendas e o Título foram de autoria do Vereador Lulinha, que em seu pronunciamento apresentou a trajetória do casal em Feira de Santana, uma história de vidas dedicadas principalmente à área educacional.

Uma sessão concorrida, com a presença dos familiares, amigos e representantes dos diversos segmentos da sociedade feirense, além do vizinho estado de Sergipe, onde o casal nasceu e ainda cultiva grandes amizades.

Os pronunciamentos dos homenageados foram muito ricos, tanto pela suas histórias de vida como pela forma com que enalteceram Feira de Santana, cidade que os acolheu há 58 anos.

Com o poema de Cecília Meireles intitulado "As Meninas", a Profa. Tecla iniciou seu pronunciamento dizendo que Feira de Santana "abriu as janelas" para a sua família em 1965, quando aqui chegaram, discorrendo suas atividades como Professora nesta cidade, desde alfabetizadora de imigrantes até docente da UEFS.

O Prof. Josué Mello iniciou seu pronunciamento referindo-se às cidades sergipanas de Simão Dias e Lagarto, berço da vida de Tecla e sua, respectivamente, e Feira de Santana, que há 58 anos os acolheu e onde vem trilhando os caminhos da educação, da igreja e até da politica.

Ele disse: "Encontramos aqui uma cidade de portas abertas, altaneira, uma comunidade sedenta de saber e de progresso, um Município emergente, plural, com amplas perspectivas de desenvolvimento". E ainda: "É uma cidade pedagógica, com forte vocação de vanguarda e de protagonismo. Foi a primeira cidade da América Latina a construir um Plano Diretor, a décima cidade do País em infraestrutura urbana, considerada a melhor cidade nordestina para investimentos imobiliários e situada entre as 70 melhores cidades do Brasil para se viver".

Concluiu seu discurso apresentando três ações que, a seu ver, são fundamentais para que Feira de Santana alcance a sua plena consolidação no cenário regional, nacional e mundial. São elas:

1) "Integrar-se ao elenco de "Cidade Educadora", associando-se ao movimento internacional de "Cidades Educadoras" com sede em Barcelona na Espanha, como quase quinhentas no Mundo e 31 no Brasil".

2) "Construção de um grande Centro Cultural, em São José, Distrito de Maria Quitéria, tendo como motivação a ampliação do "São João de São José", a exemplo do que ocorre em Campina Grande-PB. Um projeto urbano, cultural e econômico, que resultaria na maior conexão da cidade com o seu Centro Histórico, onde tudo começou. Cultura gera economia."

3) "Implantação de uma Universidade Federal em Feira de Santana, a partir do embrião que já existe, a UFRB. Para isto, o INED, sucessor do SIM, está decidido a doar seu campus, com todos os prédios e benfeitorias, inclusive o Colégio Professora Tecla Mello para servir de campus da nova Universidade.

Encerrou conclamando: "Acolham esses nossos sonhos de final de safra, como contribuição de um súdito apaixonado pela Princesa, que junto aos demais cidadãos, só "trabalha para vê-la ALTANEIRA", sendo bastante aplaudido.


Clique aqui e veja algumas imagens...













  ACADEMIA DE EDUCAÇÃO DE FEIRA DE SANTANA - Direitos Reservados © 2023
Rua Itacarambi, s/nº - Muchila I - 44080-360 - Feira de Santana, Bahia
E-mail: contato@academiadeeducacao.org.br